Archive for the ‘ Bruno Arantes ’ Category

Sexta, feira.

Bruno Arantes

Bruno Arantes

Bruno Arantes

Bruno Arantes

 

Feira Permanente do Núcleo Bandeirante-DF. Agosto/2010.

Anúncios

Pensando em política…

Bruno Arantes

Pensava em política naquele setedesetembrodedoismiledez. Por acaso, política.

Esta foto faz parte de uma série: http://www.flickr.com/photos/44640954@N03/sets/72157624794009759/

Piegas

Bruno Arantes

“As fotos criam o belo e – ao longo de gerações de fotógrafos – o esgotam. Certas glórias da natureza, por exemplo, foram simplesmente entregues a infatigável atenção de amadores aficionados da câmera. Pessoas saturadas de imagens tendem a achar piegas os pores-do-sol; agora, infelizmente, eles se parecem demais com fotos.”

(Sontag, S. Sobre Fotografia. São Paulo: Cia das Letras, 2004. pp 101-2)

A foto saiu fora de foco

Bruno Arantes

Um cronópio vai abrir a porta da rua e ao enfiar a mão no bolso para pegar a chave o que tira é uma caixa de fósforos; então este cronópio fica muito aflito e começa a pensar que se em vez da chave ele encontra os fósforos, seria terrível que o mundo se houvesse deslocado de repente, e então se os fósforos estão no lugar da chave, pode acontecer que ele ache a carteira de dinheiro cheia de fósforos, e o açucareiro cheio de dinheiro, e o piano cheio de açúcar, e o catálogo do telefone cheio de música, e o armário cheio de assinantes, e a cama cheia de roupas, e as jarras cheias de lençóis, e os bondes cheios de rosas, e os campos cheios de bondes. Assim este cronópio fica horrivelmente aflito e corre para se olhar no espelho, mas como o espelho está um pouco de lado, o que ele enxerga é o porta-guarda-chuvas do vestíbulo, e suas desconfianças se confirmam e ele desata a soluçar, cai de joelhos e junta suas mãozinhas nem sabe para quê. Os famas vizinhos acodem para consolá-lo, e também as esperanças, mas passa-se muito tempo antes de que o cronópio saia de seu desespero e aceite uma xícara de chá, que olha e examina muito antes de beber, não vá acontecer que em lugar de uma xícara de chá seja um formigueiro ou um livro de Samuel Smiles.

(Cortázar, J. A foto saiu fora de foco. In: Histórias de Cronópios e Famas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1972. pp 135-36)

Tevêmevê

Bruno Arantes

Vazio Azul

Bruno Arantes

Urbanóide

Bruno Arantes